NO MÊS DE LUTA DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA, UNIFACIG REALIZA AÇÃO GLOBAL, CLAMA POR CIDADANIA E PELOS DIREITOS DOS MAIS VULNERÁVEIS

2 minutos para ler

O mês de agosto é um marco na história de luta e resistência da população em situação de rua no Brasil. No dia 19 de agosto de 2004, aconteceu um episódio extremamente brutal e perverso no Marco Zero, região da Sé em São Paulo. Sete pessoas foram apedrejadas e mortas enquanto dormiam e tantas outras ficaram feridas. A partir deste triste acontecimento, desencadeou-se um processo de ampliação do debate sobre a proteção e os direitos das pessoas que se encontram em situação de rua, constituindo-se o dia 19 de agosto como o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua.

O Unifacig se junta a este debate, discutindo durante todo mês de agosto a história, os movimentos, direitos dos cidadãos em situação de rua. No dia 20 de agosto, sábado, das 08:00 às 13:00 horas, será realizada uma Ação Global na Praça Central de Manhuaçu, com a participação de diversos cursos do Centro Universitário, oferecendo consulta jurídica, esclarecimentos de saúde, testes rápidos, distribuição de preservativos, criação de currículo, atividades lúdicas, atividades físicas, distribuição de mantimentos, kit higiene, entre outras atividades para a população em situação de rua e demais grupos vulneráveis.

A Ação Global Unifacig faz parte de um manifesto geral clamando por mais direitos para a população em situação de rua, por condições para o exercício digno cidadania, participação popular, constituições de conselhos, políticas públicas de qualidade, de baixa exigência, que prezem pela educação, saúde, segurança entre outros aspectos gerais da vida em sociedade.


Foto: Guilherme Landim

Posts relacionados

Deixe um comentário