Saiba como é o curso de matemática e entenda se você tem o perfil

4 minutos para ler

Escolher uma profissão para seguir não é algo fácil, mas é necessário fazer uma definição consciente. Para isso, é preciso ler sobre as carreiras, suas áreas de atuação e também estudar o mercado de trabalho no ramo. Existem infinitas oportunidades para exercer, adequando-se ao estilo e aos gostos da pessoa.

Tem as áreas de humanas, exatas e até biológicas que dão a oportunidade de você trabalhar nos mais diversos serviços. A segunda opção dessa lista é amada por uns, odiada por outros e, principalmente, muito temida porque traz os famosos cálculos. De qual turma você é?

Se consegue ter identificação com esse nicho, então o texto vai interessar você! Falamos sobre como é o curso de Matemática, a grade curricular que é aprendida e os perfil de quem faz. Leia e aprenda!

O curso de Matemática

Este é o conhecimento mais antigo da humanidade, e sua atuação é considerada uma das dez carreiras mais importantes da vida – afinal, utilizamos em diversas atividades do dia a dia. A graduação forma profissionais que têm de ser capazes de trabalhar com a lógica na construção de teorias e no teste de hipóteses, desenvolver aplicações de cálculos em pesquisa e, também, na ciência aplicada. Além disso, é preciso que eles possam criar fórmulas e fazer bancos de dados para interpretar e solucionar problemas.

No final do curso, o estudante se qualifica como bacharel ou licenciado, podendo escolher atuar na parte acadêmica, com pesquisa ou em setores que utilizam a Matemática como recurso básico. E diferentemente do que muitos imaginam, ele também pode exercer funções nos ramos da computação, das telecomunicações, da engenharia, do mercado financeiro, da indústria eletrônica e medicina. Ou seja, essa graduação oferece um vasto campo de atuação para quem a escolhe.

A grade curricular

Muita gente tem curiosidade de saber como é o curso de Matemática, sua duração e, principalmente, as matérias estudadas nele. Não é segredo para ninguém que cálculos, equações e muitos números, misturados com letras, vão estar presentes nos conteúdos. Serão quatro anos com esses materiais, que têm diferenças na escolha das habilitações. Segundo o Ministério da Educação, os assuntos que os estudantes vão encontrar nessa faculdade serão:

Bacharelado

  • análise matemática;
  • cálculo diferencial e integral;
  • álgebra linear;
  • topologia;
  • álgebra;
  • análise complexa;
  • geometria diferencial;
  • relações ciência, tecnologia e sociedade (CTS);
  • probabilidade e estatística;
  • modelagem matemática;
  • física geral;
  • linguagens e recursos computacionais;
  • história e epistemologia da matemática;
  • ética e meio ambiente;
  • geometria analítica.

Licenciatura

  • matérias do bacharelado;
  • pluralidade cultural e orientação sexual;
  • ética e meio ambiente;
  • história e filosofia das ciências naturais e da matemática;
  • história, filosofia e sociologia da educação;
  • metodologia e prática de ensino de matemática;
  • tecnologias da informação e comunicação aplicadas ao ensino de matemática;
  • fundamentos de análise, álgebra e geometria;
  • psicologia da educação;
  • língua brasileira de sinais (LIBRAS);
  • relações ciência, tecnologia e sociedade;
  • legislação educacional.

O perfil do profissional

Essa formação é bastante ampla e envolve muitos números. Para fazê-la, é preciso ter certo perfil. Logicamente, você não precisa identificar-se com tudo, mas ter a maioria é essencial para sentir que está seguindo a profissão correta, aquela que realmente é para você. É preciso gostar de resolver problemas matemáticos, entender todos seus mecanismos e as técnicas que estão envolvidas, compreendendo os conceitos usados, analisando a aplicação e generalização dos mesmos.

Geralmente, quem tem essas características é conhecido por ser aluno que consegue organizar e analisar as informações facilmente e, a partir delas, construir boas argumentações lógicas. Além disso, é necessário ter boa memória, disposição, raciocínio rápido, disciplina, concentração e persistência, que são vistos como primordiais para o desenvolvimento da profissão. 

Saber como é o curso de Matemática é essencial para descobrir se vai seguir essa profissão. Neste texto, conseguimos reunir informações sobre a área de atuação, a grade curricular e, até mesmo, o perfil do estudante que opta pela graduação. Elas são importantes, mas, para saber se você realmente quer seguir o ramo, é preciso fazer pesquisas e, até mesmo, realizar testes vocacionais. Vá além e trabalhe naquilo que realmente gosta, pois isso faz toda a diferença!

Gostou do assunto? Então saiba também o que é preciso estudar para fazer o vestibular neste nicho.

Posts relacionados

Deixe um comentário