Vestibulando

Entenda como funciona o ProUni e quais as principais regras

O ProUni é um dos assuntos que mais causa dúvida nos estudantes — principalmente para quem está fazendo vestibular pela primeira vez. Entender corretamente como funciona o ProUni é muito importante, afinal, o programa é uma das principais oportunidades que os estudantes de baixa renda têm para estudar em uma faculdade particular.

A seguir nós explicaremos o que é, quem pode participar, como realizar a inscrição, como ocorre o processo seletivo, entre várias outras coisas que você precisa saber sobre o programa de bolsas do governo. Quer tirar as suas dúvidas? Então continue com a leitura!

O que é o ProUni?

O ProUni (Programa Universidade para Todos) oferece bolsas de estudo para cursos de graduação presenciais e a distância em instituições privadas. Esse programa foi criado pelo governo federal em 2004.

Existem dois tipos de bolsas ofertadas pelo ProUni: integral e parcial. Somente os estudantes com renda familiar bruta de até um salário-mínimo e meio por pessoa podem se candidatar às bolsas integrais. Já as bolsas parciais são destinadas aos estudantes com renda familiar bruta de até três salários mínimos por pessoa.

Poucos sabem, mas os estudantes que conseguiram as bolsas parciais ainda podem se cadastrar no Fies e financiar o restante do valor do curso.

Quem pode se inscrever no ProUni?

Só podem participar do ProUni os candidatos que fizeram a última edição da prova do Enem, alcançaram uma nota maior que 450 pontos na média das provas e, por fim, não zeraram a redação. Esses são os pré-requisitos obrigatórios.

Além das exigências citadas acima, para concorrer a uma bolsa os candidatos também precisam cumprir, pelo menos, um dos critérios a seguir:

  • ter cursado o ensino médio completo em uma escola pública;
  •  ter cursado o ensino médio completo, ou parte dele, em escola particular com bolsa de estudos integral;
  • ser portador de deficiência física;
  • ser professor em escola da rede pública de ensino básico, concorrendo a bolsas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Neste caso em especial, a renda familiar não é levada em consideração.

Vale ressaltar que os estudantes que se classificaram como treineiros na prova do Enem não podem participar do ProUni nem no início nem no meio do ano.

Como é feita a inscrição para o ProUni?

As inscrições são realizadas somente via web, no site oficial do programa. A boa notícia é que você não precisa pagar nada para se inscrever no ProUni.

Ao entrar no site, você precisará fazer o seu cadastro. Para tanto, basta inserir o número de inscrição e senha do Enem. Após se cadastrar, é preciso escolher de uma a duas instituições, cursos e turnos para os quais você gostaria de se candidatar à bolsa. Lembre-se que a sua primeira opção será considerada a sua preferência.

Você pode alterar as suas opções enquanto as inscrições estiverem abertas, no entanto, apenas a sua última inscrição será validada.

Como funciona o processo seletivo do ProUni?

É muito parecido com o do SiSu. A disputa pelas bolsas se dá somente entre os candidatos que escolheram a mesma opção de curso, faculdade, campus, turno e modalidade de concorrência.

O processo seletivo tem duração de quatro dias. A partir do segundo dia, o site divulga as primeiras notas de corte, que são calculadas com base no número de vagas disponíveis e nas notas das pessoas que se inscreveram até então.

É recomendado que você acompanhe o processo seletivo e cheque se a sua nota é o suficiente para obter a bolsa para as opções que você escolheu todos os dias, pois as notas de corte podem mudar, visto que o ProUni refaz o cálculo diariamente. Como já foi dito acima, os candidatos podem mudar de opção quantas vezes quiserem, e isso acaba alterando as notas de corte para cima ou para baixo.

O programa realiza duas chamadas, então, não desista caso o seu nome não tenha aparecido na primeira lista. Se a sua nota não estiver muito distante da nota de corte, você ainda tem chances de ser convocado na segunda chamada.

O resultado sai poucos dias depois que as inscrições terminam. Para conferir a lista de aprovados você deve acessar o site do ProUni mais uma vez e verificar as suas opções de curso.

O ProUni tem modalidade de cotas?

Sim. O programa reserva uma quantidade de bolsas para candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas. Os estudantes que se encaixam nesse perfil poderão concorrer na modalidade de cotas e só vão disputar as vagas com os demais candidatos que também escolheram essa modalidade. Quem não se encaixa nas cotas precisa se inscrever na modalidade de ampla concorrência.

Como fazer a matrícula na faculdade com a bolsa do ProUni?

A concessão da bolsa não é automática. Isso significa que, após ter sido selecionado pelo ProUni, o estudante precisará comparecer à faculdade para comprovar as informações preenchidas na inscrição, apresentar toda a documentação exigida e, enfim, fazer a matrícula.

Se todas as informações estiverem de acordo, o estudante assina o termo de concessão e ganha o direito à bolsa. É importante ressaltar que existe um prazo para realizar essa etapa. O estudante que não fizer a matrícula dentro do prazo perde a bolsa.

Não pense que você pode ficar totalmente relaxado após ter ganhado a bolsa. O ProUni concede o benefício durante toda a duração do curso, mas o estudante pode perdê-lo se não se comportar bem e não se esforçar. O estudante só continua a receber a bolsa se for aprovado em, no mínimo, 75% das disciplinas cursadas em cada ano letivo.

Agora que você já sabe como funciona o ProUni, você pode se inscrever no programa sem medo de errar. Embora o processo pareça bem burocrático, conseguir uma bolsa pelo programa não é tão difícil quanto parece. Basta estudar bastante e ficar de olho nas datas!

Achou as informações sobre o ProUni interessantes? Quer ler mais artigos sobre vestibulares e a vida de estudante? Então assine a nossa newsletter e receba em primeira mão todos os nossos conteúdos diretamente em seu e-mail!

You may also like
Quer entender como funciona o Fies? Tire suas dúvidas agora!
Está disponível o Edital do Vestibular 2020 UNIFACIG
Como controlar a ansiedade no vestibular ou na prova do Enem?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This