Carreira

Empresa júnior: entenda sobre esse importante segmento

Uma empresa júnior (EJ) é uma instituição sem fins lucrativos formada por estudantes de determinado curso de graduação de ensino superior. Ela pode oferecer diversos serviços, sendo o mais comum consultorias nas áreas do curso de formação do estudante pertencente à empresa.

A importância de participar de uma empresa júnior se dá justamente por ela desenvolver e capacitar profissionalmente os alunos de graduação, desde os semestres iniciais. Há diversas vantagens para o crescimento pessoal e profissional de quem deseja fazer parte de uma EJ.

Quer saber mais sobre esse assunto? Acompanhe este texto e conheça os principais benefícios de fazer parte de uma empresa júnior. Confira! 

Contato com o mercado de trabalho

Experiência é algo muito cobrado pelo mercado de trabalho. Mas começar, de fato, a trabalhar durante a faculdade pode ser algo complicado. Isso porque os estudantes ainda não têm aptidões para concorrer a uma vaga ou não têm tempo suficiente para cumprir com a jornada de trabalho de estagiários.

E aí que a empresa júnior pode ajudar você! Pois nesse tipo de estágio é possível vivenciar um ambiente empresarial semelhante ao de empresas tradicionais. E, ao atender a diferentes clientes, você pode realizar seu primeiro contato com o mercado de trabalho. 

Possibilidade de desenvolver suas habilidades

No início da faculdade podem existir dúvidas, como saber se o seu curso realmente é a sua vocação profissional e como aprender (sozinho) além do que é ensinado na sala de aula.

Por isso, participar de uma empresa júnior pode auxiliar você a resolver tais questões, uma vez que ela permite que seus membros desenvolvam habilidades profissionais logo nos primeiros semestres da faculdade. Essas habilidades podem ser: saber trabalhar em equipe, praticar sua pró-atividade, entender como fazer a gestão de pessoas e de tempo.

Aprendizado constante

Além disso, uma empresa júnior pode oferecer diversos serviços, em diferentes áreas, como consultoria em gestão, engenharia, finanças, contabilidade, entre outras. A partir dessa variedade de assuntos, seus membros são estimulados a se preparem constantemente.

É nesse sentido que a EJ pode ser considerada uma sala de aula prática, em que todos são convidados a se atualizarem e aprofundar seus conhecimentos sobre os temas, a fim de atender aos clientes. 

Acréscimo para o currículo

Hoje em dia o mercado de trabalho está cada vez mais concorrido. Muitas vezes ter apenas concluído um curso de graduação não basta, já que é preciso ter outras experiências enriquecedoras, como por exemplo, um estágio ou pós-graduação. 

Dessa forma, por meio de uma empresa júnior é possível enriquecer o seu currículo. Não é à toa que geralmente ex-membros de empresas juniores tem uma certa aceitação por parte dos recrutadores e garantem uma ocupação no mercado de trabalho mais rapidamente do que recém-formados que não realizaram estágio.

Ampliação do networking

O networking representa uma rede de contatos. Ele é essencial para a troca de experiência, tirar dúvidas, ter ideias, manter-se motivado etc. Dentro de uma empresa júnior, você terá acesso a diferentes tipos de pessoas com bastante conhecimento a ser trocado com você. Por isso ela é considerada uma rede de investimentos, onde, além de trocar informações e crescer profissionalmente, você ainda pode fazer grandes amizades.

Essas foram algumas informações sobre a EJ. É importante destacar que conciliar os estudos com a empresa júnior vai requerer planejamento e disciplina. Portanto, não tente procrastinar, siga a sua agenda à risca, não deixando de lado os compromissos do estágio nem da faculdade.

Gostou das informações? Então que tal compartilhar este post nas suas redes sociais?

You may also like
Ações do PIBID: Diversificando a Prática Pedagógica no Processo de Leitura.
3 mulheres empreendedoras para inspirar a sua carreira
4 filmes para estudar para o vestibular de forma mais leve

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site