Entenda agora mesmo o que são os relatórios de estágio

3 minutos para ler

mercado de trabalho tem exigido, cada vez mais, que os candidatos tenham tido experiências enriquecedoras. E o estágio é uma ótima oportunidade de aprendizagem e melhora do currículo. No entanto, em muitos casos é preciso emitir relatórios de estágio para conclui-lo.

Eles são uma série de documentos que registram a trajetória do estagiário durante esse processo. Alguns estudantes acreditam que esses papéis devem ser feitos apenas quando o contrato é encerrado. Porém, é necessário entregá-lo semestralmente.

Quer saber mais sobre esse assunto? Acompanhe este texto e conheça qual a importância e como fazer os relatórios de estágio. Confira!

Qual é a importância dos relatórios de estágio?

O estágio é uma maneira importante de profissionalização de estudantes que ainda estão cursando a graduação. É uma forma de aprender novas habilidades e aplicar conceitos aprendidos em sala de aula.

Por essas e outras razões, algumas instituições vinculam o estágio obrigatório em sua grade curricular. Para poder acompanhar se as atividades realizadas pelo universitário são condizentes com a formação dele, os relatórios de estágio são solicitados.

Qual a garantia que os relatórios de estágio dão ao estudante? 

Os relatórios vão dar certa garantia de que o estudante de fato está realizando um trabalho coerente com o seu curso. Existe até mesmo uma lei federal que rege as regras básicas do estágio: é a Lei 11.788/2008.

Entre as obrigações que ela exige, está inclusive a responsabilidade de o estudante e a empresa entregarem um relatório de atividades de estágio para a instituição de ensino.

Como fazer os relatórios de atividade do estágio?

A estrutura desse documento é estipulada separadamente pelas universidades. Mas, geralmente, segue dois modelos básicos: o relatório simples e o aprofundado. O primeiro consiste em apresentar os dados do estagiário e da empresa, o horário de trabalho e as tarefas exercidas. Já a segunda categoria é mais abrangente. Veja a seguir.

Introdução

O relatório aprofundado precisa começar com uma introdução. Nessa seção deve conter os objetivos do estágio, descrição sucinta da empresa, a carga horária realizada pelo estudante e outras informações que forem necessárias.

Desenvolvimento

A segunda parte é o desenvolvimento. Nessa parte são descritas as atividades desenvolvidas e é demonstrado como elas contribuíram para os objetivos do estagiário. Ainda vale acrescentar detalhes sobre equipamentos e materiais utilizados, assim como as condições de trabalho.

Conclusão

Ao fim, a conclusão. Aqui é preciso fazer uma avaliação da experiência. Podem ser citados, por exemplo, o que você aprendeu de mais importante e a relevância do estágio para a sua formação profissional.

Não se esquecer de que esses documentos devem seguir as normas da ABNT. Também vale lembrar que eles precisam ser realizados com certa antecedência para que não sejam perdidos os prazos de avaliação da instituição de ensino.

Essas foram algumas informações sobre os relatórios de estágio. É importante ressaltar que nem todos os cursos pedem documentos como esses. Procure o setor responsável pelo programa de estágio da sua instituição e pergunte se é necessário um documento específico.

E aí, quer ter sucesso no seu curso de graduação? Então leia agora mesmo este texto e saiba como se destacar na faculdade.

Posts relacionados

Deixe um comentário