Vestibulando

Afinal, como funciona um teste vocacional?

Escolher a profissão é um passo muito importante na vida de quem planeja cursar uma faculdade. Contudo, nem todos chegam tomam essa decisão de maneira tão fácil: vários vestibulandos recorrem ao teste vocacional como ajuda para entender e lidar com as próprias aspirações pessoais e dúvidas sobre a atuação das profissões no mercado de trabalho.

Se você também está passando por essa etapa, com a mesma indecisão, e gostaria de saber mais a respeito do teste e de como ele é capaz de dar aquela forcinha na hora de descobrir sua vocação, leia o post a seguir!

O que é um teste vocacional e quais são os seus benefícios?

O teste vocacional é uma avaliação que pode ser realizada tanto individualmente quanto em grupo a fim de identificar características, habilidades e aptidões da personalidade de cada pessoa.

Dessa maneira, é possível traçar um perfil profissional com o qual você tenha afinidade. A partir disso, elenca-se áreas de atuação para que você pesquise e se aprofunde em aspectos como média salarial, condições de crescimento e oferta de emprego de cada uma.

Trata-se de um benefício capaz de virar um grande aliado para quem tem dúvidas a respeito de que curso fazer. Ou seja, o teste vocacional funciona como um funil de possibilidades, apontando questões que podem gerar identificação com determinada profissão, mas sem limitar suas alternativas ou decidir por si.

Outra vantagem do teste vocacional é que ele propicia o trabalho do autoconhecimento, permitindo que você encontre a carreira certa de acordo com seus objetivos e anseios.

Por fim, é importante salientar a diferença entre teste vocacional e orientação vocacional. O teste consiste em apenas uma ferramenta, enquanto a orientação figura como uma prática na qual o psicólogo ajuda no processo de decisão e reflexão com relação à carreira ideal. De modo geral, o teste é um instrumento e uma das etapas da orientação.

Qual a diferença entre teste vocacional e orientação profissional?

O teste vocacional é uma ferramenta muito útil que já ajudou e continua ajudando muitas pessoas indecisas, entretanto não se trata da única alternativa disponível.

Como nós acabamos de enfatizar, o teste é apenas uma etapa da orientação vocacional, e ainda existe outro método chamado orientação profissional. Você não entendeu errado: orientação vocacional e orientação profissional são métodos totalmente diferentes.

A diferença entre os dois términos é bem simples. Enquanto a orientação vocacional ajuda um indivíduo a descobrir a sua inclinação natural para alguma área, a orientação profissional é mais prática e auxilia as pessoas a encontrarem respostas para perguntas como: Qual área é mais rentável? Como posso obter sucesso? Qual profissão é a mais promissora?

Quem deve fazer um teste vocacional?

O teste vocacional pode ser uma excelente ferramenta para quem acaba de concluir o ensino médio — ou está finalizando-o — e não sabe em que se graduar, pois tem dúvidas sobre determinadas profissões ou está indeciso entre uma ou mais carreiras.

Esse processo ajuda você a enxergar bastante além do simples ato da escolha, isto é, pensa na sua satisfação pessoal e profissional a longo prazo.

Contudo, não se engane: ele não se limita apenas a jovens que estão decidindo qual faculdade cursar. Pelo contrário: atuantes no mercado de trabalho, por exemplo, também podem realizá-lo caso sintam que a opção feita não foi a mais acertada e não se sentem satisfeitos com ela. Assim, têm a possibilidade de reavaliar as escolhas e analisar com o que realmente têm afinidade.

Como é o teste vocacional?

Como o próprio nome já diz, o teste vocacional é basicamente uma prova com questões abertas e de múltipla escolha. Essas questões são elaboradas com o objetivo de detectar traços específicos da sua personalidade, bem como as suas preferências, qualidades e defeitos.

A maioria das questões de um teste vocacional parece não ter relação nenhuma com o tema carreira e profissão. Muitas perguntas chegam a ser engraçadas de tão aleatórias, mas acredite: todas essas informações, por mais desinteressantes que pareçam, ajudam a traçar o seu perfil profissional e a entender melhor a sua vocação. Para você, as suas respostas podem não significar muita coisa, mas o profissional certo saberá analisar e decifrar o resultado do seu teste.

Para que o procedimento dê resultados valiosos, você precisa responder a todas as perguntas com total sinceridade. Não tenha medo de ser avaliado ou julgado pelo profissional que está aplicando o teste — afinal, esta é justamente a função dele.

Por que profissional o teste vocacional deve ser aplicado?

Por fim, é importante ressaltar que o teste vocacional deve ser realizado por um psicólogo, profissional sério e capacitado para mediá-lo, fornecendo a segurança necessária nos métodos usados durante a condução.

Isso porque esse processo é realizado em etapas que englobam desde dinâmicas até entrevistas com técnicas e testes psicológicos com embasamento científico e que são devidamente reconhecidos e autorizados pelo CFP, o Conselho Federal de Psicologia.

O teste vocacional é mesmo eficaz?

Infelizmente, ainda não foi criada nenhuma ferramenta capaz de acertar com total certeza a vocação de uma pessoa. O teste vocacional, assim como a orientação vocacional e profissional, é somente um método útil como guia para auxiliar as pessoas perdidas.

O teste é, sim, uma ferramenta válida e capaz de iluminar uma série de caminhos profissionais. Entretanto, existem pessoas que fizeram o teste, seguiram rumos opostos e atingiram a realização.

Você pode ir além do teste vocacional para decidir qual profissão seguir. Converse com profissionais renomados da sua área de interesse, visite o local de trabalho dessas pessoas e tire todas as dúvidas. Também pesquise sobre a grade curricular dos cursos pretendidos para saber se você realmente se identifica com as matérias.

Enfim, existem várias outras maneiras de descobrir a vocação de alguém além do teste vocacional. Quanto mais ferramentas de autoconhecimento você utilizar e quanto mais pesquisas fizer, maiores serão as chances de acertar na escolha da profissão.

Como você leu, o teste vocacional pode ser a ferramenta necessária para escolher a carreira que deseja e ter uma vida de realização. Porém, lembre-se: ele não decidirá por você, apenas lhe mostrará as alternativas capazes de coincidir com suas aspirações pessoais e profissionais!

Gostou do texto? Pretende prestar vestibular? Então leia este outro artigo em que falamos sobre os aplicativos para otimizar seu tempo de estudo!

You may also like
Sem grana para ingressar na faculdade? Conheça bolsas e auxílios
Afinal, como funciona um teste vocacional?
Saiba como ingressar em uma faculdade particular

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site