Carreira

O que faz um Gestor Ambiental? Aprenda aqui

O Gestor Ambiental é um profissional relativamente novo no mercado. Ele surge a partir da tomada de consciência da sociedade, cada vez mais preocupada com o impacto das atividades econômicas no meio ambiente.

Logo, a função desse profissional é contribuir de maneira decisiva para o desenvolvimento sustentável de um negócio. Ou seja: ao mesmo tempo em que garante o lucro de uma companhia, ele atua para os recursos naturais serem protegidos ou impactados o menos possível.

Neste post, vamos entender ainda mais o papel desse gestor e como ele contribui para o andamento das empresas. 

Afinal, o que faz um Gestor Ambiental?

O profissional da área de Gestão Ambiental exerce suas funções em amplas frentes. É possível, por exemplo, que ele atue na recuperação da biodiversidade por meio da investigação de determinadas áreas e da elaboração de programas que revertam a degradação do meio ambiente. Mas não para por aí: ele pode trabalhar em outros ramos também. Confira a seguir!

Recuperação de áreas degradadas

Atualmente temos acompanhado as consequências da destruição da floresta amazônica. Foram centenas de milhares de animais e plantas mortas causando um impacto extremamente negativo para o meio ambiente. 

Para tentar recuperar essas áreas degradadas, a figura do Gestor Ambiental é fundamental. Esse profissional pode sair a campo para investigar a condição dessas áreas e elaborar relatórios sobre a situação. Também pode criar programas específicos de recuperação da biodiversidade. 

Por meio desses programas, é possível indicar quais atividades devem ser realizadas. Inclusive, o próprio Gestor Ambiental pode coordenar e acompanhar a implementação de tais ações. 

Geoprocessamento

Muitas vezes, é impossível você pegar dados de maneira física ou manual se as áreas a serem estudadas forem muito grandes. Para tentar suprir essa demanda, surgiram as tecnologias de geoprocessamento. 

Trata-se da captação de informações geográficas por meio de programas específicos que depois são analisados. O Gestor Ambiental utiliza tais informações para elaborar projetos mais detalhados a respeito da ocupação humana, gerenciamento urbano e redes de infraestrutura. 

Quando o Gestor Ambiental utiliza as ferramentas de geoprocessamento, ele consegue, por exemplo, fazer uma melhor gestão de bacias hidrográficas e controlar e monitorar áreas de preservação. Os trabalhos de impacto ambiental também são bastante beneficiados, uma vez que os diagnósticos ambientais ficam cada vez mais precisos. 

Licenciamento ambiental

Para que possamos proteger o meio ambiente no Brasil, existem leis que proíbem a exploração de certos recursos naturais em determinadas áreas. Isso quer dizer que não é permitido criar atividades exploratórias em qualquer lugar e sob quaisquer condições. A lei foi feita para garantir a saúde das pessoas e manter a biodiversidade. 

Nesse contexto, o Gestor Ambiental é muito importante. Isso porque ele vai acompanhar o processo de exploração de recursos naturais, no sentido de evitar que a técnica utilizada seja inadequada ou que gere impacto ao meio ambiente. 

Atuando no licenciamento ambiental, o Gestor Ambiental tem a capacidade de fazer análise sobre a área a ser explorada e elaborar um planejamento de extração desses recursos. Ele pode autorizar ou não as atividades, tais como extração de pedras, água, petróleo e minérios variados. 

Educação

A questão da preservação ambiental não é algo inerente a todos nós. É por meio das nossas experiências, principalmente na escola, que aprendemos a importância de manter práticas sustentáveis. 

Nesse contexto, o que faz o Gestor Ambiental tem impacto na área de educação. Esse profissional pode elaborar programas de conscientização sobre a importância de preservar o meio ambiente. Além disso, pode criar material educativo e ministrar palestras sobre temas ambientais. 

Por conta disso, é possível elaborar programas de educação ambiental e prestar consultoria em escolas e empresas, além de orientar diferentes comunidades a respeito de como preservar seus recursos.

Elaboração de ações públicas para a área ambiental

A ação de preservar o meio ambiente deve estar presente nas estruturas do governo. Isso porque, sem políticas públicas, é impossível manter ações que garantam a preservação do meio ambiente. 

Nesse sentido, o Gestor Ambiental pode atuar na elaboração de ações públicas para a área. Em órgãos públicos, como secretarias municipais e estaduais e ministérios, o Gestor Ambiental pode formar equipes encarregadas de elaborar políticas públicas de recuperação do meio ambiente.

Por sua vez, em empresas privadas, ele tem o papel de adequar procedimentos para que a companhia atenda aos padrões estabelecidos pela legislação.

Como se tornar um Gestor Ambiental?

curso de graduação em Gestão Ambiental é o mais indicado para quem deseja seguir carreira nessa área. A duração é de dois a quatro anos, conforme o tipo — tecnológico ou bacharelado.

Além de matérias específicas voltadas ao meio ambiente, o curso poderá abordar disciplinas como Psicologia e Sociologia organizacionais, Comunicação Empresarial, Ética Profissional, entre outras.

Habilidade em ciências exatas é de fundamental importância, já que o Gestor Ambiental será responsável pela elaboração de relatórios analíticos em seu dia a dia. Por isso, o curso conta também com disciplinas como Matemática Financeira, Estatística, Economia e Contabilidade.

Como é o mercado de trabalho para o Gestor Ambiental?

O campo de atuação do profissional de Gestão Ambiental é vasto, de modo que ele poderá atuar em empresas privadas e públicas ou organizações não governamentais.

Indústrias de diversos segmentos contratam Gestores Ambientais para dirimir o impacto de suas atividades sobre o meio ambiente e propor alternativas viáveis e lucrativas para os seus negócios. Do mesmo modo, órgãos públicos e empresas do terceiro setor estão interessadas em como esse profissional poderá contribuir com a preservação dos recursos naturais sem deixar de lado o desenvolvimento econômico e sustentável.

Dada a relevância do papel de um Gestor Ambiental no contexto atual, o mercado de trabalho o absorve excelentemente bem, e o número de oportunidades é alta. Por isso, os planos de carreira dentro das empresas é um forte atrativo nesse segmento.

O salário, sem dúvida, é outro fator que precisa ser levado em conta por quem decide atuar na área. Um Gestor Ambiental em início de carreira ganha, em média, de R$ 1,5 mil a 2 mil. Por sua vez, o profissional de nível pleno recebe de R$ 3 mil a R$ 4 mil, ao passo que, no auge da carreira, a remuneração varia de R$ 5,5 mil a R$ 6 mil.

Os dados são do Ministério da Educação, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais e do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes.

Essas foram algumas informações sobre o que faz um Gestor Ambiental. Se você já quiser se profissionalizar nessa área, que tal iniciar seus estudos pela graduação tecnológica em gestão ambiental. A grade do curso apresenta disciplinas que combinam meio ambiente, ciências sociais e administração.

Gostou de saber o que faz o Gestor Ambiental? Gostaria de fazer um curso nessa área? Entre em contato com a Facig. Essa instituição superior possui curso de gestão ambiental bastante conceituada que já conquistou nota máxima em avaliação do MEC.

You may also like
Fique por dentro de 4 respostas sobre desenvolvimento de software
Professores UNIFACIG Apresentam Trabalhos no V Fórum STHEM Brasil
Mercado de trabalho para engenharia civil: o que você precisa saber!
1 comentário
  • Diva Siqueira
    01/06/2018 at 10:28
    Reply

    Gostei muito. Texto esclarecedor e simples. Era oque eu buscava. Obrigada.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site