Carreira Vida de Estudante

Os 10 melhores sites de emprego!

Sem dúvida, foi-se o tempo em que procurar trabalho significava imprimir currículo e levá-lo para as agências de recrutamento da cidade. Hoje, esse processo conta com uma forte presença online: os candidatos cadastram os seus perfis em sites de emprego e são recrutados ali mesmo, recebendo os convites para as entrevistas por e-mail ou telefone.

Mas como funcionam essas plataformas? Elas são confiáveis? Quais são as diferenças entre elas? Para responder essas e demais questões, este texto lista os melhores sites (como InfoJobs, LinkedIn, Vagas, Emprego Ligado, Catho e outros 5 recursos) para quem quer se preparar para o mercado e encontrar o emprego dos sonhos.

E fique calmo, pois há opções para todo mundo: desde sites pagos até gratuitos, passando por portais focados em uma determinada área do conhecimento. Então, é só selecionar o que mais se encaixa com o seu currículo e encontrar o seu espaço no mundo corporativo. Comece a leitura agora mesmo e tire todas as dúvidas sobre esse assunto! Vamos lá?

Por que se planejar para buscar o novo emprego?

O número de pessoas à procura de um emprego está aumentando no país. Para se ter uma ideia, apenas em 2019, a quantidade de desempregados ultrapassou os 3 milhões de brasileiros, de acordo com esta pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, com base no IBGE.

Como o cenário econômico é de desaceleração no planeta, você precisa se planejar com antecedência para encontrar aquele emprego tão desejado. No entanto, como sair na frente dos candidatos, principalmente quando se tem pouca experiência no mercado?

Existem várias dicas que podem ajudar você nessa empreitada, mas comece apostando em estratégias no currículo (que deve estar sempre atualizado) e pesquise bastante para entender os requisitos profissionais da sua área.

Atualizar currículo

Você deve estar se perguntando qual o papel do currículo em tempos de internet, não é? Contudo, a verdade é que, apesar de os métodos de recrutamento se modernizarem, o documento continua sendo o primeiro contato da empresa com a sua vida profissional e a sua formação acadêmica.

Nesse sentido, é preciso atualizar o currículo com informações relevantes — dê preferência aos últimos cargos ocupados e cursos concluídos — e ter cuidado com a precisão dos dados, os quais devem ser verídicos e facilmente certificados.

Por último, não se enrole com a língua. As empresas procuram candidatos que tenham ótimo domínio gramatical do português. Assim, é importante ser criterioso para não cometer erros no currículo, que exige formalidade do futuro empregado. 

Fazer pesquisa de mercado

Muitos profissionais acabam bombardeando as instituições com descrições genéricas, que se enquadram em funções distintas. Mas essa estratégia não é muito adequada, segundo especialistas. Antes mesmo de se cadastrar nos sites de emprego, é preciso conhecer o perfil do profissional contratado na sua área de formação.

Com foco e uma investigação inicial sobre o cenário, você entenderá quais são as responsabilidades e habilidades profissionais que as organizações exigem dos candidatos. Use essa técnica como trunfo para as futuras seleções. Além disso, descubra com que plataformas digitais contar para ampliar o seu networking e aparecer para os contratantes!

Quais sites de emprego ajudam a encontrar a melhor vaga?

Até o momento, você sabe por que manter o currículo atualizado e como é importante conhecer bem o mercado antes de disputar uma função. Mas sites gratuitos e pagos — como LinkedIn, InfoJobs, Vagas, Emprego Ligado, Reachr, Jooble, Curriculum, Trampos, Catho e SINE — podem ajudar quem precisa encontrar trabalho imediatamente.

1. Catho

Catho é uma empresa pioneira no segmento de busca por vagas de emprego e recrutamento online. Para isso, ela oferece uma grande diversidade de ferramentas que ajudam os candidatos a se posicionarem de forma engajada no mercado de trabalho. Entre esses recursos, destacamos estes três.

Aviso personalizado de vagas

O interessado escolhe a área de atuação, a distância máxima das vagas (a partir da sua casa) e a frequência dos e-mails, além de estabelecer um limite mínimo de salário que deseja receber. Assim, as vagas com esse perfil delimitado são direcionadas para o seu correio eletrônico, periodicamente.

Consultores virtuais para orientação

Os consultores virtuais da Catho estão sempre a postos para tirar dúvidas sobre o mercado de trabalho, sobre uma vaga específica ou sobre a organização do currículo.

Cursos rápidos

Quem assina a Catho também tem à disposição 55 cursos nas áreas de Desenvolvimento Gerencial, Desenvolvimento Financeiro, Marketing e Vendas, Recursos Humanos, Operações, Desenvolvimento Profissional e Educação!

2. SINE

Site Nacional de Empregos é uma plataforma online de classificados totalmente gratuita. Com ela, é possível filtrar as vagas por cidade, estado e função, além de consultar a média salarial para cada cargo antes de se candidatar.

Outro diferencial importante é a possibilidade de receber alerta de vagas em aberto por e-mail. Depois de cadastrar o currículo, o candidato deve selecionar as áreas de maior interesse para receber as mensagens diariamente.

É importante frisar, contudo, que o site foi desenvolvido pelo Banco Nacional de Empregos e não tem relação com o Sistema Nacional de Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego.

3. Vagas

Vagas também é um site de emprego 100% gratuito: empresas de todo o país disponibilizam os seus processos seletivos por ele, sem que o candidato precise pagar por isso. E também permite o recebimento de mensagens por e-mail, ainda que sem a possibilidade de muita personalização.

Grosso modo, entre as vantagens do portal, está o fato de que a maioria das posições disponibiliza seus respectivos testes pela própria plataforma, o que facilita o processo tanto para o candidato quanto para o recrutador.

4. Emprego Ligado

Outro dos melhores sites de emprego é a plataforma Emprego Ligado, que também opera em um aplicativo para Android e por meio de mensagens SMS.

Seu funcionamento é bastante simples: após preencher o cadastro, o candidato já começa a receber avisos de vagas em aberto em diversas áreas, de telemarketing a vendas, limpeza, varejo e indústria.

O serviço é gratuito e a tecnologia de geolocalização utilizada garante que os interessados recebam avisos sobre as oportunidades mais próximas de sua casa. O que ainda se reflete em diminuição de faltas e atrasos, funcionários mais motivados e economia com vale-transporte — ou seja, bom para a empresa e para o candidato.

5. InfoJobs

Podemos afirmar que o InfoJobs se assemelha com a Catho e com o Vagas, pois pode ser utilizado tanto por assinantes quanto por não assinantes. Quem não assina, entretanto, acaba não tendo a oportunidade de se candidatar a todas as vagas, o que pode atrasar a recolocação no mercado.

Entre as vantagens do InfoJobs está a possibilidade de o candidato — assinante ou não — conseguir ver a sua colocação nos processos seletivos. É possível, ainda, ver a média de idade dos concorrentes, assim como o grau de escolaridade, fluência em idiomas e outros temas recorrentes.

6. Curriculum

Um dos maiores portais de emprego no país, o Curriculum conta com uma grande oferta de vagas para as quais os interessados podem se candidatar gratuitamente. Mas o seu diferencial, de fato, são as ferramentas pagas, que podem acelerar uma possível contratação.

Por meio do pagamento de uma taxa simples, o candidato pode:

  • destacar o seu currículo em meio aos de outros interessados;

  • melhorar seu currículo após uma análise detalhada para aumentar o interesse dos recrutadores;

  • ser direcionado às vagas que melhor se enquadram nas suas competências e habilidades;

  • hospedar seu currículo em uma interface personalizada, que pode ser divulgada em mídias sociais e outras plataformas.

7. Trampos

Trampos nasceu no Twitter, em que divulgava os processos seletivos de empresas de Comunicação e Marketing. O seu crescimento, contudo, permitiu que ele ganhasse a sua própria plataforma, tornando-se uma referência de site de emprego para quem deseja encontrar uma vaga naquelas áreas.

Seu sistema de busca também é gratuito, mas ainda existe a possibilidade de se tornar assinante, o que oferece a vantagem do acesso às vagas com 24 horas de antecedência em relação a quem não assina o serviço.

8. Reachr

A plataforma Reachr busca organizar, de forma criteriosa, o processo de recrutamento para encontrar candidatos perfeitos para cada oportunidade em aberto no site. Entre os seus diferenciais, estão:

  • o índice de empregabilidade, que leva em consideração fatores como formação acadêmica, área de atuação e dados do perfil para comparar os candidatos;

  • o algoritmo, que cruza as informações dos interessados e das empresas para direcionar os melhores candidatos para cada vaga;

  • a transparência no decorrer do processo, já que o candidato pode acompanhar cada etapa da seleção.

Além disso, a plataforma ainda oferece planos de desenvolvimento profissional, que incluem, até, reuniões com consultores especializados para acelerar a recolocação do candidato.

9. LinkedIn

Ora, o LinkedIn não é uma rede social? Sim, mas também funciona como um site de recrutamento! E conta com uma aba chamada, justamente, “Empregos”, na qual os candidatos podem buscar oportunidades e se candidatar diretamente a vagas profissionais, enviando os currículos pela própria plataforma.

Fora isso, como é bastante comum que os recrutadores busquem os candidatos no LinkedIn, é muito importante que o seu perfil esteja sempre atualizado nessa rede social.

10. Jooble

Por fim, a proposta do Jooble é reunir, em um só lugar, todas as ofertas de emprego disponíveis no Brasil.

Para isso, a plataforma busca em mais de 310 sites diferentes as oportunidades para determinada área ou função, eliminando os resultados duplicados e gerando uma listagem das vagas em aberto na cidade ou região desejada.

A candidatura é feita diretamente no site da empresa ou na agência contratante, e o serviço é totalmente gratuito. Também é possível se cadastrar para receber alerta de novas vagas para o perfil informado.

Neste conteúdo, você descobriu como plataformas digitais ajudam a encontrar um trabalho adequado. Na busca pela função, vale ficar atento ao cadastro nos sites e atualizar, sempre que possível, o currículo. Fora isso, um diferencial para quem quer chegar na frente é realizar uma boa pesquisa de mercado, para entender o perfil profissional da sua área.

Então, gostou do post? Agora que você já sabe quais são os 10 melhores sites de emprego, que tal se organizar para o grande momento da seleção? Leia este artigo no blog e saiba como se preparar para a entrevista com o contratante!

You may also like
4 dicas essenciais para escolher o melhor curso de Agronomia
JOMU
Salário ou satisfação profissional: o que deve ser priorizado?
3 comentários
  • Carla Maria Del Villar da Cruz
    29/04/2018 at 15:50
    Reply

    Gostaria de saber se este Temos Vagas é um site de empregos confiável.

  • Carla Maria Del Villar da Cruz
    29/04/2018 at 15:48
    Reply

    Então este site temos vagas é falço , pois eles me mandam muitas ofertas mas fiquei meia cestrosa mas agora vou com tudo atrás de minha sorte .muito bom.

  • 02/03/2017 at 06:50
    Reply

    Estou desempregado e essa lista foi super útil e já mandei alguns curriculum.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This