Vestibulando

Preparemos um miniguia com tudo sobre medicina veterinária!

Quer saber tudo sobre medicina veterinária? Então, vamos começar pela origem do curso. Em 1762, em sua era mais moderna, foi fundada a primeira escola de veterinária na França, por Claude Bourgelat. A partir desse momento, outras surgiram e se espalharam pela Europa. Já no Brasil, foi o imperador Dom Pedro ll que decretou a obrigatoriedade do ensino em 1910 — dando origem às instituições voltadas para a área.

Curioso não é? Desde então, novos cursos e especializações foram criadas e o mercado entrou em grande expansão. A tendência é crescer ainda mais. A medicina veterinária vem evoluindo pelo mundo e contribuindo com a saúde pública e cuidados com os animais.

Para ficar por dentro dessa profissão tão importante, reunimos as principais informações sobre a área, como oportunidades de trabalho, principais funções do veterinário, áreas de atuação, entre outros fatores. Continua a leitura e saiba tudo sobre medicina veterinária!

O que é o curso de medicina veterinária?

Ao contrário do que muita gente pensa, o papel do veterinário vai além da assistência clínica a animais de estimação e silvestres. O curso de medicina veterinária prepara o profissional para realizar essa função, mas também para estar apto a desempenhar atividades como:

  • defesa sanitária e humana;
  • pesquisas científicas;
  • averiguação de produtos de origem animal;
  • entre outras.

A modalidade é o bacharelado e tem duração de 5 anos.

Como está o mercado para o veterinário no Brasil?

O Brasil tem a segunda maior população de gatos, cães e aves do mundo — sendo o quarto em população total de animais de estimação, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos Animais de Estimação (Abinpet).

Por isso, há um aumento de clínicas veterinárias e lojas voltadas para os pets. Esse fator contribui para a procura por profissionais da área. No entanto, a concorrência é grande, ou seja, quem deseja ter seu próprio negócio precisa buscar formas de diferenciar o seu serviço e ser criativo para chamar a atenção do público.

Por outro lado, o médico veterinário poderá atuar em áreas menos disputadas, como no agronegócio e na indústria de medicamentos e de produtos veterinários. Na indústria de produtos de origem animal, por exemplo, há grande demanda para esse profissional — que deve adequar as condições de produção às normas de exportação.

Quais são as cadeiras mais comuns ofertadas pelas instituições de ensino?

As disciplinas ofertadas pelo curso de medicina veterinária podem variar de acordo com cada instituição, contudo, há aquelas que fazem parte de toda grade curricular. Nos primeiros semestres, as cadeiras são voltadas para os conceitos biológicos da área. Concluído esse período, o próximo passo é se aprofundar em assuntos mais específicos — técnicas cirúrgicas, doenças comuns em animais, clínica médica etc.

Entre as disciplinas mais comuns ofertadas pelas instituições, de acordo com o MEC, estão:

  • alimentação e nutrição animal;
  • anatomia;
  • bioética.
  • biologia molecular e genética;
  • bioquímica e biofísica;
  • biotecnologia e fisiopatologia da reprodução;
  • ciências humanas e sociais;
  • clínica cirúrgica animal;
  • clínica médica e terapêutica animal;
  • criação de animais domésticos e silvestres;
  • diagnóstico por imagem;
  • economia, administração rural e empreendedorismo;
  • farmacologia e toxicologia;
  • histologia;
  • imunologia;
  • medicina veterinária preventiva e saúde pública;  
  • microbiologia;   
  • morfofisiologia dos animais;     
  • parasitologia;
  • patologia animal;
  • tecnologia e inspeção de produtos de origem animal.

Quais as principais atividades desenvolvidas por esses profissionais?

Na saúde pública, o profissional pode atuar na verificação de produtos de origem animal, em pesquisa e implementação de tecnologias de produção ou explorar novas medidas de saúde pública em relação às zoonoses. Outra oportunidade é trabalhar na atenção básica como um dos profissionais integrados aos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF).

Além disso, existem as práticas mais comuns a quem decide fazer essa graduação. Entre elas está o setor clínico e cirúrgico — área preferida de atuação dos médicos veterinários por tratar diretamente com os animais. O profissional pode atuar em estabelecimentos físicos ou em domicílio.

Quais as oportunidades que se tem no mercado de trabalho?

A importância dos médicos veterinários vem sendo mostrada ao longo de 50 anos de profissão regulamentada. Seu trabalho contribui para o desenvolvimento social e econômico do Brasil por meio de serviços prestados ao cuidado com a saúde e o bem-estar dos animais, na produção de alimentos saudáveis, em atividades voltadas para garantir a sustentabilidade ambiental do planeta e na preservação da saúde pública.

São mais de 80 áreas de atuação. Confira algumas delas:

  • clínica, cirurgia e anestesia de animais;
  • laboratório de diagnósticos;
  • laboratório de pesquisa de medicamento de uso animal;
  • zoológico;
  • centro de equoterapia;
  • casas de produtos veterinários;
  • supermercados que manipulam alimentos de origem animal;    
  • perito criminal;
  • planejamento de produção em propriedades;
  • controle do beneficiamento de produtos de origem animal em agroindústrias;
  • desenvolvimento e produção de medicamentos e produtos biológicos de uso veterinário;
  • saúde pública;
  • defesa sanitária.

Quais são as principais especializações na área?

O mercado de medicina veterinária está cada vez mais competitivo. Por essa razão, é preciso se especializar para se destacar. Buscar uma pós-graduação é uma etapa seguida por toda pessoa que almeja sucesso. Além disso, proporciona mais conhecimentos específicos, treinamento prático, oportunidades de crescimento e ampliação do networking.

Você pode optar por especializações como:

  • reprodução e produção de bovinos;
  • reprodução em equinos;
  • diagnóstico por imagem em pequenos animais.

Qual a média de salário de um veterinário?

A média salarial de um médico veterinário em exercício inicial gira em torna dos R$ 2 mil e pode alcançar entre R$ 5 mil e R$ 7 mil quando já consolidado no mercado. Para ter esse mérito, é preciso estar em constante aprendizado e identificar oportunidades de crescimento. O profissional pode se tornar dono de clínica própria, seguir a carreira de docente ou ser indicado a cargos de gerência e direção em grandes empresas.

Agora que você sabe tudo sobre medicina veterinária, já fez sua escolha? A UNIFACIG oferece o curso de graduação na área e conta com infraestrutura atual e moderna, além de docentes experientes dentro de um mercado em constante mudança. Nosso foco é na Saúde Única — visão unificada entre a saúde dos seres humanos, dos animais e do meio ambiente, propondo a atuação conjunta de diversos profissionais.

Ficou interessado? Saiba mais sobre o curso de Medicina Veterinária da UNIFACIG e entre em contato conosco.

You may also like
Tipos de cursos de gestão: como escolher de acordo com o seu perfil
Afinal, como funciona um teste vocacional?
Vestibulando: saiba como se planejar para estudar em casa

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This