Quais são as melhores áreas do Direito para se atuar? Descubra aqui!

7 minutos para ler

Se você já descobriu que trabalhar com leis é sua vocação, chegou o momento de olhar para o futuro e entender quais são as melhores áreas do Direito para atuar. A carreira é recheada de oportunidades promissoras, bastando que o profissional escolha a que mais combine com ele.

Neste artigo, separamos algumas importantes áreas de atuação para que você conheça mais sobre elas e possa traçar um plano para depois da graduação. Nunca é cedo demais para planejar sua trajetória!

Recuperação judicial

Nossa economia não vai bem e tampouco há previsão de dias melhores. Mais do que ninguém, as empresas privadas sabem da situação e vêm sofrendo os impactos. Nesse cenário, os processos de recuperação judicial e de crédito aumentaram bastante.

O desejo que as organizações têm de se manterem ativas, com uma boa saúde financeira, as levou a apostar na criação de um setor jurídico para tratar exclusivamente dessas questões junto aos consumidores.

Assim, os advogados com perfil conciliador são os que conseguem obter destaque no trabalho. Ou seja: o profissional deve ser capaz de estabelecer acordos, deixando o cliente na melhor posição possível, ampliando vantagens e reduzindo prejuízos.

Em relação à remuneração no segmento, ela é bem convidativa: vai de R$ 6 mil para profissionais no nível júnior até R$ 25 mil no sênior.

Compliance

Na área de compliance, o profissional deve estar preparado para resolver conflitos relacionados a políticas internas e à conduta ética das organizações. Com as descobertas da operação Lava Jato e a criação da Lei Anticorrupção em 2013, a forma de atuação das empresas que prestam serviços ao setor público foi modificada.

O estabelecimento de punições severas fez com que os gestores dessas instituições andassem na linha e evitassem procedimentos capazes de gerar processos de auditoria. Nesse meio, o advogado de compliance encontra muitas oportunidades, ainda pouco exploradas, para exercer seu trabalho.

A atuação consiste em prestar assessoria jurídica às companhias, com palestras, treinamentos e a elaboração de cartilhas ou outros materiais educativos para os colaboradores. O objetivo é adequar as políticas internas, além de submeter as relações comerciais com a administração pública às obrigações legais.

O salário para os advogados especializados varia de R$ 8 mil (coordenação em instituições de médio porte) a R$ 30 mil (na diretoria de grandes empresas).

Setor energético

A realidade atual do país tornou o setor energético um campo muito interessante para os profissionais do Direito. A exploração do pré-sal, por exemplo, abriu grandes oportunidades para as organizações. Nesse cenário, as empresas que desejam atuar de acordo com a legislação para serem bem-sucedidas em seus projetos precisam do apoio de um advogado especializado na área.

Além disso, a privatização de companhias como Eletrobras e Cemig fez com que fossem necessários os serviços de consultoria jurídica contenciosa (casos de litígio, contestação de demanda ou conflito de interesses) e consultiva. A remuneração na área fica em torno de R$ 10 mil.

Carreira pública

A diversidade de cargos disponíveis na carreira pública costuma encher os olhos dos bacharéis de Direito que buscam estabilidade e altos salários. Já pensou em defender quem não tem recursos e julgar casos? Ou, então, preservar os interesses da sociedade em âmbito estadual, municipal e federal? Trabalhar na polícia chama sua atenção?

Os interessados em seguir carreira no setor público podem escolher entre os cargos de:

  • juiz;
  • tabelião de notas;
  • promotor de justiça;
  • procurador da República;
  • procurador de contas;
  • procurador do Estado;
  • procurador do Município;
  • defensor público;
  • desembargador;
  • delegado de polícia;
  • advogado da União;
  • procurador no Banco Central;
  • procurador federal;
  • procurador da Fazenda Nacional.

O preenchimento das vagas acontece por meio de concursos públicos. Então, se você quer ocupar alguma dessas posições, comece já a estudar, pois a concorrência é grande. A remuneração fica entre R$ 10.079 (delegado de Polícia Civil) e R$ 30.471 (procurador de contas).

Direito digital

Com a aprovação do Marco Civil da Internet no primeiro trimestre de 2014, os advogados que se especializaram nesse novo ramo de atuação passaram a ser frequentemente requisitados. Isso ocorreu em virtude da ascensão de tal mercado jurídico e da necessidade de encontrar soluções para os problemas advindos do uso da tecnologia.

O perito em Direito Digital pode atuar tanto na área consultiva quanto na contenciosa. Ele também vai trabalhar em casos ligados à informática e à internet, como a relação entre usuário e provedor, bancos digitais e seus clientes, empresas de softwares, compras realizadas em lojas virtuais e, mais especificamente, crimes virtuais.

O profissional deve ter uma visão global do ordenamento jurídico ao decidir atuar nessa área, pois o mundo virtual é imenso e envolve as mais variadas demandas jurídicas. A remuneração vai de R$ 3.000,00 a R$ 4.800,00.

Direito do consumidor

Nesse ramo, o profissional geralmente defende o consumidor nas relações com fornecedores de produtos e/ou prestadores de serviços, mas também pode atuar de acordo com os interesses do fornecedor.

Trata-se de um campo vasto, do qual podem surgir demandas relacionadas a produtos com vícios, contratos com cláusulas abusivas, descumprimento de acordos ou juros excessivos cobrados por instituições bancárias, entre outros casos. A legislação basilar que fundamenta os estudos é o Código de Defesa do Consumidor.

Em relação ao salário, o especialista na área pode obter algo em torno de R$ 2.325,00 e R$ 4.860,00.

Direito tributário

Trata-se do nicho jurídico em que o conjunto de leis está ligado à arrecadação, fiscalização e contribuição de tributos. O advogado será responsável por resguardar os direitos dos contribuintes no que diz respeito ao recolhimento de tributos.

O Brasil tem uma carga tributária considerada elevada e a legislação afim passa por mudanças constantes. Portanto, o advogado especialista é bastante requisitado por empresas para elaborar um planejamento tributário que proporcione mais lucros com a diminuição do pagamento de impostos.

O profissional também analisará possíveis equívocos em lançamentos tributários — os quais, se confirmados, podem gerar restituições em favor do contribuinte. Outra forma de atuação é na área consultiva e preventiva, auxiliando empresas a funcionarem conforme a legalidade. O advogado tributarista pode receber um valor entre R$ 2.729,00 e R$ 5.733,00.

Direito previdenciário

Esse ramo do Direito versa sobre aposentadorias, auxílios, salários e pensão. O advogado previdenciário pode trabalhar tanto no âmbito administrativo quanto no judicial.

Diante das constantes alterações nas leis previdenciárias, o especialista na área será bastante procurado, pois os segurados e seus dependentes, assim como as empresas, ficam inseguros em relação às garantias que têm como contribuintes. As atribuições do profissional envolvem:

  • assessoria e consultoria jurídicas;
  • requerimento de benefícios, seja na esfera administrativa e/ou judicial;
  • revisões;
  • planejamento;
  • cálculos previdenciários.

A remuneração gira em torno de R$ 3.898,75.

Mediação, conciliação e arbitragem

Sabemos o quanto o trâmite judicial pode demorar até que chegue a um resultado definitivo. Há inúmeros meios recursais e regras processuais que geram tamanha morosidade.

Assim, maneiras alternativas de resolução para os conflitos estão crescendo a cada dia. Com a mediação, conciliação e arbitragem, o profissional disponibilizará para as partes formas pacíficas de solucionar o caso, sem a necessidade de partirem para o enfrentamento nos tribunais.

Além de evitarem muitos litígios desnecessários, tais métodos alternativos têm a relevante função de desafogar o Judiciário. Isso porque proporcionam conclusões mais ágeis e eficazes, além de oferecerem um serviço especializado.

Gostou de conhecer as melhores áreas do Direito para atuar? Entre tantas opções promissoras, é importante que você escolha aquela mais próxima do seu perfil. Com preparo e dedicação, certamente grandes portas estarão abertas para você.

Se deseja ajuda para alcançar o seu sonho em uma das áreas do Direito, entre em contato com a gente!

Posts relacionados

Deixe um comentário