Técnica Pomodoro: como utilizá-la para os estudos

4 minutos para ler

Ansiedade, procrastinação, dificuldade de concentração. Qual estudante nunca passou por sensações assim em um dia de estudo? A Técnica Pomodoro promete otimizar a vida do aluno nesse sentido. Como há processos fáceis de serem realizados, todo mundo pode adotá-la.

Ela consiste em um método de gestão de tempo, com a finalidade de aumentar a quantidade e a qualidade do aprendizado. Ou seja, atende exatamente aos estudantes de vestibular, que estão sempre em busca de formas para melhorar os estudos. 

Como conhecer técnicas diferentes é importante para que saibamos entender aquela que mais funciona conosco, elaboramos, para você, um passo a passo instrutivo. Continue com a leitura!

Selecione uma tarefa da lista

Geralmente, em um dia de estudo, colocamos no cronograma mais de uma matéria para ser lida, revisada ou aprendida. Assim, primeiro, organize seu cronograma semanal, de acordo com as suas necessidades, levando em consideração o tempo disponível e o tópico a ser visto.

Por exemplo, caso você tenha 4 horas disponíveis, uma ideia é separar 4 matérias diferentes. Selecione uma para começar. 

Concentre-se nela por 25 minutos

Pegue um cronômetro e coloque para despertar em 25 minutos. Durante esse tempo, você precisa ter total foco no que está estudando. Caso tenha alguma distração, é preciso começar o processo novamente. Deixe um papel do lado, pois se isso acontecer, você anotará o motivo da desatenção. Foi algo externo, como alguém chamando? Ou interno, como um devaneio? 

Faça pausa de 5 minutos

Quando o despertador tocar é o momento de dar um pequeno descanso ao cérebro. Isso ajudará a processar melhor as informações, para que você volte com mais gás. 

Nesse pequeno intervalo, não é recomendado se envolver com atividades que exijam muito esforço mental, como fazer ligações importantes ou acessar redes sociais. Por outro lado, você pode beber água, ir ao banheiro, alongar-se.

Inicie outro pomodoro

Finalizado o tempo, parta para outro pomodoro. A tarefa a ser pega dependerá do que você organizou no cronograma. Por exemplo, se você tem 4 horas e o estipulado foram 4 tarefas, você terá 2 pomodoros para cada uma delas. Nesse caso, volte na tarefa número 1 e tente finalizar o assunto até os próximos 25 minutos.

Repita o processo até 4 vezes

Depois, tire o descanso de 5 minutos. Da mesma forma que no primeiro, não se envolva em atividades que exijam muito. Após, volte para outra atividade e comece tudo de novo. Continuando nosso exemplo de 4 horas de estudo com 4 matérias, a Técnica Pomodoro ficaria:

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 1 + descanso;

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 1 + descanso;

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 2 + descanso;

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 2 + descanso.

Faça uma pausa de 30 minutos

Após esses 4 pomodoros, é o momento de fazer um descanso maior. O método sugere que seja de 30 minutos, pois é o tempo ideal para recuperar a energia mental. Algumas atividades recomendadas para esse momento são verificar mensagens no celular, fazer uma caminhada, descansar com um exercício de respiração.

Após isso, o processo se repete, você começa mais um ciclo:

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 3 + descanso;

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 3 + descanso;

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 4 + descanso;

  • 25 minutos + 5 minutos: matéria 4 + descanso.

Personalize a Técnica Pomodoro

Bem, é claro que o método pode ser personalizado de acordo com as necessidades de cada um. Por exemplo, se você perceber que 25 minutos é muito pouco tempo para uma tarefa e que consegue focar nela por 40 minutos, ótimo. No entanto, não é recomendado ficar mais de 1 hora assim. Além disso, é importante respeitar bem os intervalos de descanso.

Viu como a Técnica Pomodoro é simples? Implemente-a na rotina e faça as adaptações que julgar necessárias. Você verá como a produtividade aumentará com o tempo.

Que tal, agora, conferir algumas dicas para se preparar para os principais assuntos do ENEM? Até a próxima!

Posts relacionados

Deixe um comentário