Vida de Estudante

Quanto tempo devo estudar por dia?

Na época de Enem e pré-vestibular, cada minuto é valioso. Afinal, existe muita matéria para ser estudada e muitos exercícios a serem feitos. O sucesso nesses exames está diretamente relacionado à sua dedicação — é por isso que o tempo de estudo é um fator primordial.

Quando você consegue administrar o tempo com a rotina de estudos, certamente, a sua produtividade é maior. No entanto, nem sempre é fácil estipular a quantidade de horas a estudar por dia para alcançar o objetivo final.

Para ajudar você nisso, escrevemos este texto. Aqui, você vai conhecer dicas fundamentais para se planejar, criar um cronograma de estudos, utilizar metodologias mais eficientes e outras dicas valiosas para não prejudicar o seu rendimento. Confira!

Faça um bom planejamento

Muitas vezes, o estudante já começa os estudos a partir da primeira matéria que ele encontra pela frente. Isso não é recomendável, uma vez que, para estudar para o vestibular pré-vestibular ou Enem, é preciso atingir de maneira homogênea todos os conhecimentos.

Nesse sentido, criar um planejamento capaz de organizar as matérias e os assuntos é fundamental. Dê prioridade àqueles temas em que você tem mais dificuldade, mas também não se esqueça daquelas matérias que você tem facilidade.

Crie um um cronograma de estudos

O cronograma de estudos seria a versão do planejamento mais prática e específica. É no cronograma que você vai colocar cada matéria para cada dia e horário da semana.

Por exemplo: você pode estudar matemática na segunda e na quarta-feira, e conhecimento de ciências humanas nas terças e sextas. Esse cronograma também deve contar com o tempo para que você faça revisões periódicas e exercícios.

Utilize uma metodologia para otimizar o tempo de estudo

Hoje em dia, é possível encontrar várias metodologias que ajudam a maximizar o seu tempo de estudo. Uma delas é a técnica de mapas mentais. Trata-se da representação de conceitos que podem ser interligados entre si.

Para criar o mapa mental, você deve ligar informações secundárias à informação principal do assunto. É como se criasse um diagrama, onde todas as informações estão conectadas. Essa técnica é ótima para memorização e assimilação de novos conhecimentos.

Fuja das distrações

De nada adianta você fazer um cronograma de estudos impecável, mas perder parte desse tempo se distraindo com redes sociais ou assistindo TV. É importante ficar afastado de qualquer forma de distração.

Uma recomendação é estudar em um ambiente específico. Esse local deve conter todos os materiais que você precisa para estudar, uma cadeira confortável e silêncio quase que absoluto. Assim, você rende mais e, inclusive, tem mais tempo para descansar.

Não se esqueça de descansar

Muitos estudantes acabam definindo um tempo de estudo que quase ocupa todo o dia, mas é importante dar espaço para o descanso.

É por meio de intervalos durante as matérias — e também aquele sono profundo e tranquilo — que a nossa memória consegue captar todos os conhecimentos que obtivemos durante o dia de estudos. Separe alguns minutos para descansar e, quando chegar a noite, relaxa um pouco antes de dormir.

Essas foram algumas dicas para organizar o seu tempo de estudo. É importante destacar que não existe uma fórmula mágica de quantas horas estudar por dia. Cada estudante deve conhecer o seu nível de rendimento e articular a melhor forma para que consiga atingir seus objetivos.

Quer ficar por dentro de mais novidades sobre as rotinas de estudos? Siga a gente no Facebook, Twitter e Instagram.

You may also like
V Semana de Arquitetura e Engenharias do UNIFACIG
5 atividades complementares na faculdade que vão ajudar na carreira
Saiba como ter disciplina e se dar bem no curso de medicina

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This